A importância do sono para a nossa saúde

A importância do sono para a nossa saúde

Arianna Huffigton, uma das mulheres mais bem sucedidas nos Estados Unidos da América e a fundadora do jornal online "The Huffington Post", recuperava a consciência depois de ter desmaiado, sem aviso, em pleno escritório. O corpo não aguentou mais as noites sem dormir e o cansaço a que estava sujeito a bem do sucesso profissional. Arianna, então com 56 anos, acordou numa poça de sangue depois de, na queda, ter partido o maxilar. Assim começou uma nova etapa para aquela que já chegou a ser considerada uma das 100 personalidades mais influentes do mundo, e uma das mulheres mais poderosas da atualidade, pela "Forbes".

A partir daqui, Arianna tomou consciência de que deveria encontrar o equilíbrio entre vida profissional e pessoal, algo que nas sociedades modernas é colocado em plano secundário.

Arianna lançou o livro "A Revolução do Sono", que viria a tornar-se um best-seller, onde poderemos encontrar vários estudos científicos que nos demonstram o quanto é importante dormir bem, dos problemas de saúde que advém por não descansarmos convenientemente.

Sente-se descansado e de baterias recarregadas? Se não, é possível que não esteja a dormir tanto quanto precisa. Se foram menos de sete horas, talvez não seja o suficiente. Estas são algumas das citações que pode ler no livro de Arianna. A privação do sono é a "nova epidemia global", com consequências sobre a saúde de cada indivíduo - desde a obesidade às doenças relacionadas com o stress, à maior propensão para diabetes, vários tipos de cancro, Alzheimer e outras sequelas na saúde mental, mas também com consequências na economia -, todos os estudos sobre custos de produtividade associados a dormir pouco ou mal acabam em números assustadores.

Não se esqueça, se passamos cerca de um terço da nossa vida a dormir, devemos fazê-lo de forma confortável.

Fonte: EXPRESSO

Deixar uma resposta

Todos os campos são obrigatórios

Nome:
Emiail: (Não publicado)
Comentário: